A região do Lagamar, localizada no Vale do Rio Ribeira de Iguape (sul do estado de São Paulo), é considerada o maior trecho contínuo de Mata Atlântica no país. Ela possui diversas Unidades de Conservação que contribuem para a preservação desse bioma.

A paisagem, ao pé da Serra do Mar, é formada por diversas ilhas separadas por canais de água salobra, mistura da água salgada do oceano com a água doce trazida pelos rios.

O Rio Ribeira de Iguape, o maior da região, é responsável por uma gigantesca quantidade de sedimentos despejados diariamente no complexo estuarino-lagunar. Os efeitos dos sedimentos trazidos do continente são percebidos mesmo a grandes distâncias, influenciando toda a cadeia alimentar local.

 

Além de sedimentos de origem mineral, os rios trazem partículas de matéria orgânica em decomposição que, ao chegar nos canais, se sedimentam e contribuem para formar o solo típico dos manguezais. A decomposição fornece grande quantidade de nutrientes que sustentam a rica cadeia alimentar.

Navegando nos canais é possível observar grupos de botos cinza cercando cardumes de peixes, rodeados pelas aves marinhas a espera de alguma oportunidade para saciar sua fome.

 

Nos últimos anos a população do Guará, ave que correu sério risco de extinção, tem aumentado e se espalhado por todo o complexo estuarino-lagunar, colorindo o ambiente com sua cor laranja. Eles podem ser vistos em todo o manguezal, alimentando-se nos bancos de lodo ou voando em direção aos ninhos.

 

Além do patrimônio natural, a região abriga diversos sambaquis, ruínas e casario colonial preservado que contribuem para reconstruir a história de nosso país.

As fachadas das casas possuem estilo colonial, com portas e janelas típicas. Muitas delas foram construídas com cascalho, restos de conchas dos sambaquis e gordura de baleia. Em alguns locais, como no museu de Cananeia, a parede exposta permite observar essa técnica de construção.

A avenida beira-mar da cidade reúne um belo conjunto de casas coloridas, lado a lado, que podem ser contempladas a pé ou em passeios de barco.

 

As ilhas de Cananeia, Comprida e Cardoso estão bem no centro da região e recebem anualmente turistas, estudantes e pesquisadores que buscam a explorar o Lagamar e conhecer seus tesouros.

O Parque Estadual da Ilha do Cardoso é destino regular de estudantes que o procuram para praticar o método científico investigativo e aprofundar seus conhecimentos sobre o equilíbrio ecológico.

A Ilha Comprida, com sua infindável praia, ondas e bela paisagem atrai pessoas que buscam o contato com o mar.

Já a Ilha de Cananeia, localizada entre a outras duas, é a base de apoio que torna mais fácil conhecer todo o patrimônio natural e cultural. Localizada próximo do continente, ela reúne atrativos como:

  • Casario colonial preservado.

  • Botos cinza que vivem na Baía dos Golfinhos.

  • Cachoeiras belíssimas na encosta da Serra do Mar, no continente.

  • Propriedades rurais que oferecem comida caseira inesquecível.

  • Tranquilidade e hospitalidade para contemplar toda essa beleza...

Conheça o Lagamar!

Visite Cananeia!

 

Referências:

Portal do Governo do Estado de São Paulo - Visite Cananeia - http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=209382