Lagamar

Natureza, história e fotografia

A praia arenosa é um ambiente localizado no encontro da água dos oceanos com o solo exposto dos continentes, na transição do ambiente aquático para o ambiente terrestre.

Seu solo é arenoso, pobre em nutrientes, salgado e constantemente movido pelas ondas ou vento. Além disso a pouca vegetação permite que a radiação solar atinja a areia com grande intensidade.

 

Essas características representam pressões seletivas que tornam a vida de seus habitantes uma luta constante pela sobrevivência.Partindo da água e caminhando em direção ao interior atravessamos algumas regiões com características bastante distintas:

* Zona infra-litoral (ou Infra-marés) - É a região abaixo da linha das marés, sempre coberta de água e habitada por organismos que necessitam estar sempre cobertos de água.

* Zona meso-litoral (ou Entre-marés) - Essa região diariamente sofre com a variação do nível do oceano (variação da maré). A ação da Lua e dos ventos faz com que o nível do mar suba e desça duas vezes ao dia, expondo e cobrindo essa faixa com a água salgada. É a região mais exposta ao movimento das ondas, o que torna o ambiente extremamente agitado. Seus habitantes mais frequentes são caranguejos, caramujos, moluscos bivalves, pequenos crustáceos e diversos outros animais que vivem enterrados na areia próxima da água. Diversas aves marinhas se alimentam desses pequenos animais e frequentam a praia em busca de alimento. Ela é a faixa de areia constantemente molhada, mais escura e firme ao pisar.

Um dos animais mais frequentes nessa região é o caranguejo Maria Farinha, que escava suas tocas na região das dunas mas está constantemente na região entre-marés em busca de umidade e alimentos trazidos pelas ondas.

 

* Zona Supra-litoral (ou Supra-marés) - É a região localizada acima do limite da maré alta, raramente atingida pelas ondas. Nesse local o solo é mais seco e as dunas de areia seca permitem o aparecimento das primeiras plantas terrestres (adaptadas ao solo seco, salgado e pobre em nutrientes). Essa vegetação pioneira é responsável pela transformação do ambiente pois suas raízes e caules ajudam a fixar o solo e, ao morrerem, contribuem para aumentar a quantidade de matéria orgânica do local.

 

Seguindo em direção ao interior, à medida que o solo torna-se menos salgado e mais fértil, a vegetação começa a aumentar de tamanho e diversidade.

A vegetação pioneira das dunas é sucedida pela vegetação arbustiva da restinga, que por sua vez precede a mata de restinga e essa é sucedida pela mata da encosta.

 

Quanto mais distante das ondas, menor é a chance de aparecerem os animais marinhos.

O ambiente muda, transforma-se, com a distância das ondas, mas a luta pela sobrevivência continua.

Cada local apresenta suas próprias pressões seletivas e, consequentemente, os habitantes apresentam diferentes soluções para sobreviver.

 

 Referências

1) As praias arenosas - http://cebimar.usp.br/index.php/pt/artigos-de-acesso-livre/77-as-praias-arenosas.html

2) Praias arenosas - http://ambientes.ambientebrasil.com.br/agua/ecossitema_costeiro/praias_arenosas.html

2) As praias arenosas - http://ecologia.ib.usp.br/index.php/8-noticias/9-praias

 

Visite o site http://cecgodoy.net/ e encontre outros conteúdos interessantes sobre Ciências da Natureza!

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Blue Red Oranges Green Purple Pink

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction